Le Cordon Bleu Logo

Le Cordon Bleu recebe primeiros alunos do Instituto de Artes Culinárias de São Paulo

Boas-vindas aos primeiros alunos do Brasil

No sábado, dia 19 de maio, alunos participaram do tradicional Orientation Day e as aulas iniciaram no dia 21 de maio


O dia 19 de maio foi um marco para o Instituto de Artes Culinárias Le Cordon Bleu de São Paulo, que recebeu 32 alunos para o tradicional Orientation Day, realizado em todos institutos distribuídos no mundo inteiro. Os estudantes fazem parte das duas primeiras turmas do instituto, a Basic Cuisine e Basic Pâtisserie.

Neste dia, os alunos puderam conhecer as salas de aula, foram apresentados ao corpo técnico e chefs professores e receberam uniforme e o kit aluno, que entre outros materiais, possui um kit de facas, ferramentas indispensáveis para o dia a dia dos alunos nos laboratórios de gastronomia.

Chefs


Chefs recebem alunos do Le Cordon Bleu São Paulo na sala de demonstração. Na foto, chef Fábio Yamada, chef Philippe Brye, que conduzirá os cursos de Pâtisserie no Rio, Chef Jean Yves, chef Patrick Martin e chef Renata Braune
Quem conduz a área acadêmica e programação de conteúdo tanto de São Paulo quanto do Rio de Janeiro – que tem previsão de abertura para agosto desse ano - é o diretor técnico chef Patrick Martin, que desembarcou no Brasil há cerca de três meses para garantir a mesma qualidade e padrão de ensino de todo o mundo. Há 25 anos no Le Cordon Bleu, o Embaixador Internacional do Instituto foi responsável pelo desenvolvimento técnico e abertura das escolas do México e de Tóquio e atuou nas escolas da França, de Londres e nos Estados Unidos. Entre os prêmios conquistados, Martin recebeu o título de Chef do Ano em Paris, no “Trophée National”.

Na cozinha, os alunos terão como orientador o chef Jean Yves Poirey, que deixou a França há mais de 30 anos, quando desembarcou na Praia de Copacabana. Na lista de restaurants que comandou, o chef passou pelo Bossa Café, Bossa Mar, Asian, e o Skylab, no 30º andar do Rio Othon Palace.

A chef Renata Braune assume as áreas de Preparo e Produção do Le Cordon Bleu São Paulo. Formada no Le Cordon Bleu em Paris, Braune foi uma das primeiras mulheres a atuar como chef no Brasil e a primeira chef mulher a competir no Toque d'or, que seleciona candidatos brasileiros para o Bocuse d'or. A chef esteve também no comando do Le Chef Rouge e do seu próprio restaurante, o La Reina Deli Bar.

Infraestrutura



O instituto Le Cordon Bleu São Paulo oferece aos estudantes infraestrutura completa, com sete cozinhas profissionais, sendo duas dedicadas às aulas de demonstração, duas para cozinha, uma para confeitaria e padaria, uma polivalente e outra para preparo e produção, além de auditório para aulas teóricas e uma biblioteca. Equipado com as mais modernas tecnologias, o novo Instituto brasileiro Le Cordon Bleu oferecerá excelência em educação com laboratórios que seguem os padrões da alta gastronomia internacional.

Programas e inscrições

O Instituto Le Cordon Bleu São Paulo oferece o Diplôme de Cuisine e o Diplôme de Pâtisserie. Cada diploma é composto por três níveis de certificações: Basic, Intermediate e Superior. Ao obter os dois diplomas, que podem ser concluídos em até nove meses, os estudantes conquistam o mais alto nível, com o Grand Diplôme. O valor do Grand Diplôme é de R$ 141.600,00.

Todos os cursos são reconhecidos por empresas e profissionais da gastronomia do mundo inteiro. Com isso, a formação no Le Cordon Bleu é um passaporte para os estudantes que desejam construir uma carreira internacional de sucesso. As inscrições para o Le Cordon Bleu São Paulo estão disponíveis no site do Instituto.
Para mais informações sobre os cursos e inscrições, escreva para [email protected] ou [email protected]

Notícias e Eventos

Leia mais
Leia mais
Leia mais
TOP