Equipe

Sofia Mesquita

Sofia Mesquita, Diretora Geral da Le Cordon Bleu no Brasil, é a grande responsável por toda a curadoria do Signatures. Ela está à frente de cada detalhe, desde a aprovação do menu, passando pela arquitetura, escolha da equipe, até o conceito do restaurante.

A ligação com a gastronomia vem da infância. Em uma casa onde sempre se praticou o conceito do slow food - cozinhar era mais do que um ato mecânico de preparar comida, mas uma prática prazerosa de cozinhar alimentos frescos, com dedicação – Sofia desenvolveu uma relação afetiva com a culinária. Se mudou para o Brasil para acompanhar o marido em um projeto de trabalho e logo criou laços com a cidade.

Mas a paixão pela cozinha fez com que ela retornasse temporariamente à Europa e se matriculasse na maior escola de gastronomia do mundo – a Le Cordon Bleu Paris, onde concluiu o Le Grand Diplôme, curso mais completo da instituição. Hoje, depois de trilhar seu caminho como escritora e crítica gastronômica durante muitos anos, Sofia é o nome à frente das unidades escola no Brasil, nomeada diretora geral da Le Cordon Bleu.

 

Head chef Philippe Brye

 Nascido na Normandia, no Noroeste da França, Philippe Brye começou como estagiário na famosa confeitaria Casa Fauchon, em Paris. Em 1980, desembarcou no Rio, onde foi chef executivo do grupo Troigros e chef confeiteiro dos hotéis Le Meridien e Sofitel, e também abriu a sua confeitaria, a Traiteurs De France.

 Em sua trajetória, cozinhou para personalidades importantes, como os ex-presidentes do Brasil, João Figueiredo e Fernando Henrique Cardoso, e para o ex-presidente francês Jacques Chirac, e ganhou medalhas em Nova York e em Paris. Hoje ele é head chef do Le Cordon Bleu do Rio de Janeiro, responsável pelo curso de patisserie da école e parte de sobremesas do menu do Signatures.

 

Chef Jonas Ferreira

A paixão pela gastronomia chegou cedo na vida do chef Jonas Ferreira. Aos 20 anos começou a cursar Ciências Econômicas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mas pouco mais de um ano depois decidiu que a arte de cozinhar seria sua profissão. Em 2007, aos 22 anos de idade, se mudou para a França e entrou para  ÉcoleFerrandi, em Paris, por lá até 2013 se formou em duas certificações: Culinária e Bachelor Restaurateur.

Ainda na Cidade Luz, o chef passou pelas cozinhas do Ze Kitchen Gallery Paris, Antoine Paris e Apicius Paris. Já no Rio, Jonas trabalhou no estrelado D.O.M. e Dalva e Dito, em São Paulo, no  Zuu A.z. D.z., em Brasília, e Térèze, no Rio. Hoje, o chef enfrenta mais um desafio como um dos chefs à frente do restaurante da escola, Signatures.

________________________________________________________________

Sommelier Jean-Pierre Fivria

Jean-Pierre Fivria, maître e sommelier nascido nas Ilhas Reunião, é um dos responsáveis por salões mais queridos da cidade. Ex-Le Pré Catelan, onde ficou por quinze anos, o francês Jean-Pierre fez faculdade de hotelaria em Marseille e é formado como sommelier em Beaune, desde 1987. No Rio, além do Pré Catelan, foi Maître Executivo de Claude Troisgros, do restaurante Aprazível, entre outros.